sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

DICAS DE COMO COLOCAR EM PRÁTICA O PLANO ESTRATÉGICO E ALCANÇAR OS OBJETIVOS E AS METAS ELABORADAS PARA O ANO NOVO.


Final de ano velho, início de ano novo.

Com isso vêm os vários planos para o novo ano. Vou fazer isso, vou fazer aquilo, etc, etc.

Final de ano: o que aconteceu? Nada, ou quando aconteceu, não sabemos dizer o  que aconteceu.

Sabe por quê?

Porque nós não temos o costume de planejar e estabelecer objetivos e metas.

Às vezes fazemos tudo direitinho, mas não conseguimos tirar do papel, logo tudo fica pra trás, como mais uma tentativa frustrada.

Hoje eu vou dar algumas dicas que poderão lhe ajudar a fazer um planejamento, estabelecer objetivos e metas e assim concretizar suas resoluções.

São dicas que farão com que você tire do papel as suas resoluções para o ano que se inicia agora.

Espero que este método possa ajudar e inspirar você também a alcançar suas metas neste ano novo ano. 

NECESSIDADES E DESEJOS
Antes de qualquer coisa faça a distinção entre necessidade e desejos. Isso é importante para que você determine de maneira clara no seu planejamento suas necessidades e seus desejos.

Lembrando que as necessidades devem estar em primeiro lugar, depois os seus desejos. 

Necessidade é aquilo que você realmente precisa ter para viver bem e desejo é aquilo que você sonha, afinal, nem tudo que você sonha tem haver com sua real necessidade.

Exemplos:
Necessidade
Necessidade, a compra de uma casa própria, caso você não tenha, dentro das suas condições salariais para pagar a casa e também os seus custos de manutenção.

Desejo
Desejo, comprar uma mansão, com um salário modesto, sabendo que você terá um custo muito alto na manutenção dessa mansão ao longo da sua vida.

Melhor comprar uma casa que atenda as suas necessidades e não os seus desejos.

COISAS IMPORTANTES E PRIORITÁRIAS
Outra coisa importante é determinar o que é importante e o que é prioridade para você, pois nem tudo que é importante é uma prioridade.

Muitas coisas são importantes, mas nem tudo é uma prioridade. A prioridade é primazia de tempo, de ordem ou de categoria e normalmente tem haver com uma necessidade básica ou que sustenta outras coisas que são importantes.

Quando você prioriza, você coloca as atividades e ações em escala de decrescente, do primeiro até o número de coisas que são importantes para você.

Exemplos:
Importantes:
Objetivo: Conseguir a casa própria.

Coisas importantes a fazer: 
1. Construir uma casa; 
2. Elaborar a planta da casa;
3. Fazer orçamento do material necessário para construir a casa;
4. Comprar o material, comprar o terreno;
5. Contratar o engenheiro e arquiteto;
6. Contratar os operários;
7. Obter os recursos financeiros para comprar o terreno e construir a casa;
8. Definir o tipo e tamanho da casa que preenche sua necessidade;
9. Comprar o terreno.

Observe que aqui nessa relação tudo é importante, mas se encontra de maneira aleatória.

Prioridades:
Objetivo: Construir a casa própria.

As prioridades: 
1. Obter os recursos financeiros para comprar o terreno e construir a casa; 
2. Definir que tipo e tamanho da casa que preenchem sua necessidade; 
3. Comprar o terreno;
4. Contratar o engenheiro e arquiteto;
5. Elaborar a planta da casa;
6. Fazer orçamento do material; 
7. Comprar material para construir a casa; 
8. Contratar os operários;
9. Começar a construir a casa.

Observe que nessa relação às ações estão em ordem de realizações.

Depois de tudo isso, vamos às dicas.

1. Seja otimista e sonhador, mas sonhe com um dos pés na realidade.
• Não crie metas que sejam humanamente impossíveis para você alcançar. 
• Por exemplo, se você está ganhando atualmente, digamos, R$ 1.000,00 por mês, não crie uma meta de ganhar R$ 30.000,00 por mês até o final do novo ano. 
• Será muito mais produtivo focar em uma meta de ganhar, digamos, R$ 5.000,00 por mês. 
• Assim, mesmo que você “fracasse e ganhe apenas R$ 2.000,00 por mês”, isto não será nada mal considerando que estará ganhando duas vezes mais do que ganha atualmente.

2. Quanto menos, melhor! 
• Tenha poucas resoluções ou, se possível, apenas uma. Não seja um carrasco de si mesmo! 
• Se você tiver 5 resoluções, provavelmente não terá foco e energia para concretizar suas metas. 
• É melhor alcançar uma única meta o ano todo do que desistir do cumprimento de várias.

3. Faça estas perguntas para cada uma das suas resoluções:
• Existe uma razão que justifique esta meta? 
• Realmente ela é importante para mim? 
• Ficarei feliz quando atingi-la? 
• Se as respostas a estas perguntas forem sim, então você terá energia e motivação suficientes para atingir sua meta.

4. Registre suas resoluções em um local onde você possa visualiza-las com frequência. 
• Colocar as resoluções em um caderno ou agenda nem sempre funciona. 
• Eu por exemplo tenho um mural no meu “escritório caseiro” onde ficam todas as minhas resoluções. 
• O mural me “incomoda” tanto que acabo por cumpri-las, algumas até por raiva, confesso. 
• Mas o incrível é que funciona. 
• Você pode usar também a “Agenda Google”, lembretes de celular ou qualquer outro método que ache mais conveniente ao seu dia a dia.

5. Tenha um plano em mente para cada resolução. 
• E coloque este plano no papel. Não precisa ser uma coisa rebuscada. 
• Basta simplesmente escrever o que você tem de fazer e quando você tem de fazer.

6. Corte os hábitos “ladrões de tempo” da sua rotina de trabalho. 
• Deste modo você tem mais tempo para se dedicar às suas metas.
• Por exemplo, email, Skype, MSN, Google Talk, telefone, celular, etc, são ótimas ferramentas de trabalho, mas você não precisa ficar ligado à eles todo o tempo, precisa? 
• Eu, por exemplo, costumo verificar meus emails no máximo 3 vezes ao dia, em horários pré-determinados, com isto consegui diminuir o tempo que passo lendo e respondendo emails de duas horas diárias para apenas 15 minutos. 
• Você também deve identificar os hábitos “ladrões de tempo” da sua rotina e cortá-los imediatamente se quiser ter mais tempo para se dedicar às suas metas.

7. Coloque uma data limite para cada ação que seu plano tiver. 
• Deste modo você obtém um pouco de pressão. 
• Agir sob pressão parece ser uma coisa negativa à primeira vista, mas se suas resoluções irão melhorar sua vida, que mal a pressão pode ter?

8. Revele a sua resolução mais importante para as pessoas mais próximas. 
• Fale sobre ela várias vezes, sempre que tiver uma oportunidade. 
• Algumas destas pessoas poderão perguntar para você algo como, “E aí, como está indo aquele seu {plano, projeto, etc}?”. 
• Isto naturalmente irá forçar você a agir em prol de sua resolução mais importante.

9. Visualize seus objetivos e suas metas. 
• Coloque fotos que simbolizem a concretização de suas metas no papel de parede de seu computador, do seu iPad, iPhone, Celular, no seu mural, ou em qualquer outro local onde possa visualizar com frequência. 
• O poder do subconsciente é muito mais efetivo do que nós imaginamos, mas se você der uma “forcinha” à ele, com certeza irá acelerar seu progresso.

10. Prometa uma recompensa a si mesmo por atingir suas metas. 
• Acredite isto funciona incrivelmente bem! 
• Eu, por exemplo, adoro viajar e conhecer novas culturas, então costumo prometer a mim mesmo uma viagem após atingir determinada meta. Eu viajo todo ano e viajaria de qualquer modo, mas ver a viagem como recompensa me deixa muito mais motivado para alcançar minhas metas. 
• Prometa a si mesmo algo de que gosta muito e terá resultados impressionantes. 
• E o cumprimento de sua meta será muito mais agradável e divertido quando estiver se lembrando da sua recompensa.

É isto aí! Espero ter contribuído de alguma forma para que você comece o ano novo motivado e inspirado para alcançar suas metas.

Postar um comentário